© 2018 Blog Congresso Neli

 

Para conferir a programação do Congresso do Núcleo de Estudos de Literatura e Intersemiose, é necessário apenas clicar no ícone a seguir:

 

 

 

 

 

 

ou no  link 

Eixos temáticos das atividades (Debates, minicursos e Comunicações Orais)

I) Literatura e Quadrinhos: Este eixo temático pretende contemplar diálogos acerca da relação entre a Literatura e as Histórias em Quadrinhos. Para tanto, parte-se do pressuposto de que as Histórias em Quadrinhos representam uma arte autônoma, expressiva em nosso contexto cultural contemporâneo, que agrega uma multiplicidade de elementos e aspectos em sua linguagem. No tocante à conexão dos quadrinhos com a arte literária, interessam trabalhos e discussões que problematizem as adaptações, questões de narrativa, linguagem, temas, intertexto, leitura, metalinguagem.

 

II) Literatura Eletrônica: O despontar da sociedade da informação, a partir da segunda metade do século 20, trouxe consigo novas possibilidades de fazeres literários, que se caracterizam pelo uso de recursos multimidiáticos e multicódigo, característicos do universo digital. A tecnologia trouxe novas possiblidades de texto literário, ao mesmo tempo que evidenciou a dimensão das mídias como participante da construção das noções de gênero literário. O texto literário é inscrito em uma mídia, e a mídia se inscreve nesse texto, o que, para Hausken (2004, p.392), deságua na concepção de que “The term medium [...] cover the materiality of communication and art as well the expressive resourses represented by the different technologies and apparatuses that support the text. On the other hand, the term text will be used in a general, and not exclusevily linguistic, sense, referring to any expression that can be read or otherwise experencied as meaningful”. Neste panorama contemporâneo de reformulação literária segundo a lógica da sociedade e-letrada, situam-se experimentos da e-literature, que reúne sob sua égide expressões chamadas ficção interativa, cibertexto, ciberpoesia, hipertexto, hipermídia, multimídia, intermídia, literatura de rede, literatura ergódica, estética ciborgue, etc. Tendo em vista contribuir para a fortuna teórica que ora se formula sobre este objeto, a Organização do evento convida estudantes, professores, profissionais e demais interessados a debater o tema, seja por meio do envio de trabalhos ou participação nas diferentes atividades do Congresso, fomentando um diálogo abrangente e atual no contexto dos estudos literários.

 

III) Poesia e Novas Materialidades: Partindo do pressuposto de que as materialidades literárias são campos de afecção à criação artística, este eixo de comunicação tem por objetivo congregar debates e pesquisas, encerradas ou em andamento, que tratem da relação entre o processo criativo e os campos distintos de sua ocorrência. Interessa-nos, portanto, trabalhos que versem acerca do poema processo, ou do poema enquanto processo; do corpo na literatura e nos fluxos estéticos contemporâneos; da relação entre as vanguardas estéticas e a poesia de hoje; da relação entre as artes visuais, sobretudo fotografia, artes plásticas e performance, e a literatura. Sinalizamos, ainda, que, dotada de uma perspectiva sincrônica de análise literária, as pesquisas em Intersemiose buscam realizar elos entre variados momentos de criação estética. Logo, trabalhos que recuperem obras modernas e como essas se apresentam como precursoras à criação de hoje serão aceitos e em muito contribuirão com o debate esperado, bem como trabalhos que busquem apresentar vieses de especularidade no ato criativo a ser analisado. Por fim, no processo de avaliação dos trabalhos submetidos, levaremos em consideração a pertinência da pesquisa ao que propõe a Intersemiose: uma crítica que faça falar as trocas e toques entre as semioses artísticas, valorando as porosidades enquanto ato potente de criação intersemiótica, de modo que possamos trazer ao debate da sessão uma perspectiva de análise que inscreva, em seu cerne, campos paritários de valorização poética, abrindo mão de discussões que tomem uma semiose como centralizadora. 

 

IV) Literatura e Audiovisual: Até sua consolidação, o cinema se fez tributário de várias artes, entre elas, a literatura. Por outro lado, a Sétima Arte influenciou expressões artísticas as mais diversas. Partindo do pressuposto de que a relação cinema e literatura supera em muito a questão da adaptação para as telas de textos e obras literárias, abordagem bastante comum explorada em trabalhos do meio acadêmico, este eixo de comunicação se lança a abranger trabalhos e discussões que tragam novas perspectivas sobre tal aspecto, mas, especialmente, diversificadas leituras sobre a conexão de tais artes. Exemplos são os olhares voltados para o roteiro cinematográfico compreendido como gênero literário ou para os ecos dos procedimentos de cinema na construção narrativa de diferentes escritores. Trabalhos que contemplem leituras intersemióticas capazes de aproximar as duas expressões artísticas em face de determinados aspectos encontrados, sob determinado ponto de vista, tanto no material audiovisual como na obra literária igualmente serão muito bem-vindos com vistas ao enriquecimento do debate.

 

  • Facebook - Black Circle
  • Facebook - Black Circle
  • Instagram - Black Circle
  • noun_web_1672731
This site was designed with the
.com
website builder. Create your website today.
Start Now